Paixão de Cristo de Triunfo renasce emocionando famílias e turistas

No segundo dia da Paixão de Cristo, do “Oásis no Sertão”, ocorrida nesta sexta-feira, dia 14, o elenco de atores, atrizes e bailarinos do Grupo de Teatro de Amadores de Triunfo e Cia de Teatro Nós em Cena não economizaram empenho e energia e deram tudo de si para garantir o máximo de realismo. Destaque foi, sem dúvida, Alberto Marcelino que interpretou Jesus Cristo – emocionando os expectadores em momentos intensos, firmes, desafiadores e cheios de compaixão, nas cenas que demonstram amor ao próximo.

Durante a apresentação, o público pôde vivenciar após doze anos cenas majestosas que fizeram parte do resgate da liturgia bíblica, como a entrada apoteótica do rei Herodes, interpretada por Denis Carlos, e a rainha Herodíades, vivida por Dayane Carolina.

O público que compareceu ao eventos nos dois dias de encenação foi formado por expectadores de todas as idades, vindos de várias cidades da região Nordeste. Ainda, durante esse feriado de Semana Santa os turistas lotaram as pousadas e ajudaram a aquecer a economia local.

A turista do Recife, Vitória Compasso, se emocionou durante o espetáculo ao ar livre e prometeu que comparecerá novamente no próximo ano – “Eu gostei muito, achei interessante a encenação, dando para enfocar todas as cenas. Muito Bom!”, disse.

Quem também gostou bastante da exibição foi a funcionária do Serviço Social do Comércio (Sesc Triunfo), Patrícia Carla – “Eu avalio como, verdadeiramente, uma paixão que renasce, e que já tinha essa tradição da Paixão de Cristo, que a há mais de doze anos não acontecia, e, agora ressurgi emocionando as pessoas (…) eu fiz parte desse elenco quando era criança e ocorria no ginásio. Para todos nós é uma imensa alegria, gratidão e uma emoção afetiva para cada triunfense, assim como eu senti. Espero que no próximo ano o espetáculo continue avançando”, pontuou.

Na segunda noite, o prefeito do município, João Batista, também não controlou a alegria de ver o resgate dessa grande peça teatral ao ar livre ocorrendo justamente no primeiro ano do seu mandato – “O espetáculo superou as minhas melhores expectativas, foi um trabalho que apesar de feito por artistas amadores mostrou muito profissionalismo. As cenas belíssimas, o desempenho dos atores, o cenário e apresentação maravilhosa (…) só tenho agradecer aos envolvidos, os pedreiros e cooperadores que ajudaram na elaboração do cenário, enfim, a toda equipe que fez desse resgate um marco para todos os triunfenses”, destacou.

Nos dois dias de espetáculo, estima-se a participação de um público de 8 mil pessoas, entre turistas, cidadãos locais, autoridades e caravanas que estão curtindo o feriadão da Semana Santa no município.