Triunfo recebe prêmio por possuir o 2º melhor ensino fundamental nos anos finais de Pernambuco

Publicada em 4 de setembro de 2017

O prefeito de Triunfo, João Batista, e a secretária de educação, Stella Santos, receberam nesta segunda-feira, dia 28, o Prêmio do Índice de Desenvolvimento da Educação de Pernambuco (IDEPE), que é realizado, anualmente, pelo Governo de Pernambuco, através da Secretaria de Educação, com o objetivo de avaliar a qualidade do ensino nas escolas públicas da rede estadual e municipal.

Durante solenidade no Palácio Campo das Princesas, o Governador Paulo Câmara entregou ao chefe do executivo e a secretária de educação o certificado de mérito ao município de Triunfo por ter alcançado o 2º lugar nos anos finais do Ensino Fundamental do Estado de Pernambuco com a nota 5,14 – em levantamento do IDEPE processado em 2016.

“Uma importante conquista para nossa educação. Por isto, quero parabenizar o ex-prefeito, Luciano Bonfim, aos gestores da educação do município e, principalmente, aos nossos professores, alunos e seus familiares que participam da rotina das nossas escolas, ajudando, desta forma, a alcançar a segunda colocação no ranking do ensino fundamental de Pernambuco”, destacou o prefeito João Batista.

Para a secretária de educação, Stella Santos, o segundo lugar nos anos finais do ensino fundamental e o quarto lugar nos anos iniciais são reflexo do bom desempenho dos professores da Rede Municipal de Educação (RME). “O resultado do trabalho de 2016 foi muito bom. Parabenizamos os professores (as), estudantes e gestores. Já neste ano, continuamos investindo no acompanhamento das médias dos estudantes e promovendo reforço escolar nas disciplinas de português e matemática. Recebemos orientações da GRE do Sertão do Alto Pajeú e da Secretaria Estadual de Educação para continuarmos vencendo os desafios e obstáculos da aprendizagem, assim como, formação continuada e outras ações em prol do desenvolvimento educacional de Triunfo”, pontuou.

MÉTODO DE AVALIAÇÃO

Os resultados do IDEPE são calculados com base no Sistema de Avaliação da Educação Básica de Pernambuco (SAEPE), que mede, anualmente, o grau de domínio dos estudantes nas habilidades e competências consideradas essenciais em cada período de escolaridade avaliado, além de ser uma importante ferramenta para a gestão escolar. O ranking acompanha o desempenho da educação pública no Estado e considera dois critérios, os mesmos usados para o cálculo do índice nacional (IDEB), sendo eles o fluxo escolar e a proficiência dos estudantes do Ensino Fundamental (anos iniciais e finais) e do Ensino Médio.