Prefeitura de Triunfo dá início ao Projeto Consciência, Cor e Arte

A Prefeitura Municipal de Triunfo, através da Secretaria Municipal de Educação, deu início neste último sábado (16), a execução do Projeto Consciência, Cor e Arte, que foi escrito pela Escola Milton Pessoa e contemplado pela Escola de Inovação e Políticas Públicas (EIPP), da Fundação Joaquim Nabuco (FUNDAJ), com o selo de Munícipio Inovador em Educação, em dezembro de 2017.

O projeto tem como objetivo resgatar a história e a cultura das comunidades remanescentes quilombolas locais (Águas Claras e Livramento). Como primeira ação, a Secretaria de Educação está ofertando a oficina de desenho, que tem como finalidade a construção da logomarca do projeto, que será estampada no material do mesmo (banners, camisas, entre outros).

O número de 45 participantes, nas duas comunidades, superou o limite de inscrições estabelecido para essa oficina, mostrando assim, o interesse das comunidades em participar e contribuir para a execução do Projeto Consciência, Cor e arte que conta com o forte apoio do povo e das associações comunitárias das duas localidades.

“O projeto está trazendo para a comunidade do Livramento algo inesperado: a participação e o engajamento da juventude”, relatou a presidente da Associação de Moradores do Livramento, Paula dos Santos. Para a presidente da Associação de Moradores das Águas Claras, Ana Paula, “o projeto está sendo maravilhoso e com muita coisa voltada para os jovens”. Essa é apenas a primeira ação do projeto de muitas outras que irão acontecer daqui para a frente.