GovBR
Prefeitura Municipal de Triunfo
Inicio Sem categoria Prefeito João Batista apoia criação do Museu ‘Eliezer Xavier’

Sem categoria

Prefeito João Batista apoia criação do Museu ‘Eliezer Xavier’

O prefeito de Triunfo, João Batista, se reuniu nessa terça-feira (14), no Recife, com familiares do pintor ‘Eliezer Xavier’ para tratar da criação e abertura do museu de artes na Rua Olímpio Wanderley, no Centro Histórico. A proposta de criação...

Publicado em

reuniao-triunfope

O prefeito de Triunfo, João Batista, se reuniu nessa terça-feira (14), no Recife, com familiares do pintor ‘Eliezer Xavier’ para tratar da criação e abertura do museu de artes na Rua Olímpio Wanderley, no Centro Histórico.

A proposta de criação do espaço, em memória ao profissional Eliezer Xavier, era um sonho dos triunfenses e amigos do pintor desde a década de 70 – quando o artista residia no bairro Casa Amarela, na Região Metropolitana do Recife.

Durante a reunião, foram iniciadas as negociações para implantação do museu, tornando-se mais um ponto de visitação de turistas e resgate ao trabalho de Eliezer – que carregou a história da população triunfense em seus desenhos e projetos.

No encontro ocorrido na capital pernambucana, participaram – além do chefe do executivo – João Batista, Carlos Ferraz, Elisabete Ferraz, Rogério Mota, José Paulo Xavier (pai), José Paulo Xavier Filho (filho), culminando o encontro na disponibilização do casario centenário para criação do espaço de artes no centro de Triunfo.

Após a reunião, ficou estabelecida a data de 15 de junho para inauguração do Museu Eliezer Xavier, com participação da 21ª Caravana da Saudade.

HISTÓRIA

Eliezer Xavier Bezerra, nasceu em 5 de fevereiro de 1907, no município de Triunfo, no interior de Pernambuco. Filho de Genésio Xavier Bezerra e Teresa Amélia Bezerra passou a sua infância em sua terra natal, e depois se mudou para o Recife.

Na Capital do Estado, estudou no Colégio Marista e em 1927 transferiu-se do Recife para o Rio de Janeiro, onde estudou desenho com o professor Eurico Alves, no Liceu de Artes e Ofícios. Seus quadros estão hoje, em coleções particulares nos Estados Unidos, Inglaterra, Suíça, França, Áustria, Portugal, Alemanha, Japão e em todo o mundo.

A expressividade do seu trabalho artístico lhe deram vários prêmios, entre eles, o ‘Diploma Medalha de Prata’ em 1942 e ‘Prêmio Universidade do Recife’ em 1952-1953.

Redimencionar Texto
Contraste